Os Errantes do Novo Século / Duglas Teixeira Monteiro

Um Estudo sobre o surto milenarista do contestado.

4.00 

1 em stock

Descrição

Santa Catarina, 1912 a 1916. Um movimento sócio-religioso, a “Guerra Santa”, o Contestado. Juntamente com Canudos, constitui esse movimento o mais importante surto milenarista no meio rural brasileiro.

Duglas Teixeira Monteiro analisa aqui as estruturas sociais e a ideologia que sustentaram o movimento. Retomando e reformulando as principais análises precedentes, o autor aborda as condições materiais que geraram a crise. Mas não fica aí. Interessado num aspecto geral pouco estudado com relação aos movimento brasileiros do gênero, encara a ideologia construída pelos rebeldes não apenas como um epifenômeno, mas como poderoso instrumento posto a serviço de um esforço de reordenação social.

Procura, a partir daí, entender as linhas dessa reordenação como respostas específicas dadas a uma situação de crise que afetou as relações de dominação-subordinação, bem como as relações entre o catolicismo institucionalizado e o catolicismo rústico.