Príncipes de Portugal : suas grandezas e misérias / Aquilino Ribeiro

20.00 

1 em stock

Descrição

Primeira edição, ilustrada por Cândido Costa Pinto em folhas intercaladas no texto. Capa de brochura ilustrada a cores.

Obra que foi proibida pelo regime.

“(…) Sempre contra o salazarismo, Aquilino Ribeiro percorreu o calvário que pesou sobre os intelectuais e outros adversários do regime. A sua colaboração regular nos jornais O Século, Jornal do Comércio, República e, por vezes, Diário de Lisboa foi sujeita a cortes e interdições da censura. Teve livros proibidos, foi atacado e insultado de forma ignóbil — sem poder defender-se — na então chamada Assembleia Nacional quando publicou Príncipes de Portugal – Suas Grandezas e Misérias (1953). Mas de todos os casos, o de maior gravidade e repercussão decorreu com o romance Quando os Lobos Uivam (1958), desmontagem da prepotência e arbítrio dos Tribunais Plenários, nos quais os magistrados de duas mães colaboravam, directamente, com uma PIDE (…) ”. – Aquilino e Salazar , por António Valdemar, em Público.

Detalhes:

Idioma: Português

Editora: Livros do Brasil

Ano: 1953

Nº Edição:

Descrição Física: 228 [4] p. : il. ; 20 cm

Condição: Bem conservado