O Ramo D’Oliveira / Adriano Antero

10.00 

1 em stock

Descrição

ADRIANO ANTERO SOUSA PINTO foi advogado e escritor.
Nasceu na freguesia de Cárquere no município de Resende em 1846, onde também faleceu com oitenta e oito anos de idade (1934).
Como escritor deixou uma vasta obra, de que se destaca, apenas por ser a mais conhecida:
– “RÉPROBOS“, de 1870;
– “POEMA DO TRABALHO“, do mesmo ano;
– “HISTÓRIA ECONÓMICA“, de 1905;
– “MEGACLÊS“, de 1922;
– “A TÚNICA DE NESSO“, de 1923;
– “DIREITO AÉREO“, de 1922;
– “O RAMO D’OLIVEIRA“, de 1926;
– “A VIDA DE UM RAPAZ ALEGRE“, de 1927;
– “ERROS JUDICIÁRIOS“, de 1933.
Tem obras suas à guarda da Biblioteca da Academia das Ciências de Lisboa.