O Acontecer Poético : A História Literária / Manuel Antônio de Castro

Exemplar valorizado pela dedicatória do autor.

7.00 

1 em stock

Descrição

O novo livro de Manuel Antônio de Castro é mais uma realização do exercício do pensamento crítico chamado “leitura poética”. Este ensaio, embora fiel às raízes mais profundas de uma postura filosófico-existencial, traz a marca da personalidade teórica e crítica de Manuel Antônio de Castro e desdobra uma reflexão amadurecida, de cunho absolutamente pessoal. Segundo o autor, na “leitura poética” a crítica encontrou as dimensões que originariamente a constituem, pois procura “levar adiante o questionamento empreendido pelas outras correntes críticas para uma compreensão do fenômeno literário em seu fundamento”. Assim, ler poeticamente se afigura uma atividade que articula o homem e a história. O inter-relacionamento da história e da literatura se funda numa tematização da cultura em que se inserem as duas disciplinas, a partir de uma concepção da crítica como o desvelar histórico do literário. Manuel Antônio de Castro desbasta muitas palavras das cascas e dos invólucros com que o uso as revestiu e as desgarrou do seu núcleo significativo radical. Sob a luz do sentido originário, ressurgem, entre outras, as palavras cultura, história, crítica, ficção, leitura, interpretação, teoria, discurso, acontecimento. Refletindo sobre uma possível história da literatura, história das formas literárias, história das funções literárias, o crítico compreende a história literária como acontecer poético. O acontecer é a manifestação do singular e do universal e o poético, o consumar na ficção a experiência fundamental da humanização do homem. Este ensaio de Manuel Antônio de Castro representa uma contribuição valiosa para todos aqueles que se interessam por um mais largo entendimento do fenômeno literário, seu lugar na história e, sobretudo, por um mais profundo conhecimento do homem.

Helena Parente Cunha