Homenagem a Paulo Quintela

15.00 

1 em stock

Descrição

Da introdução:

Quando se soube no Porto que o Prof. Doutor Paulo Quintela tinha sido distinguido com a atribuição da Medalha de Ouro do Instituto Goethe, logo ganhou grande vulto a ideia de se homenagear o ilustre professor universitário de Coimbra.

Tão grande distinção, conferida pela primeira vez a quem fala a língua de Camões, não podia passar despercebida nesta cidade, onde estão radicados muitos dos seus antigos alunos, quer das Literaturas Inglesa e Alemã, quer do Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra (TEUC). Ao entusiasmo destes veio juntar-se a viva admiração e alto apreço que escritores, intelectuais, críticos e artistas desta bairrista cidade têm por homens de valor como Paulo Quintela, de onde quer que sejam.

A comissão que então se constituiu vem completar hoje a tarefa que chamou a si, dando à estampa os discursos proferidos no almoço realizado num hotel de Espinho, no dia 8 de Julho de 19783, em que tomaram parte cerca de duas centenas de pessoas.

Faz-se ainda referência a alguns telegramas e mensagens recebidas e inclui-se o curriculum e a bibliografia do grande bragançano, que dedicou toda uma vida à causa da cultura — à causa da «livre cultura», como sublinhou na Sala dos Capelos ao receber as insígnias doutorais.

Esta publicação impunha-se, tal como se impôs a homenagem. Perderem-se as palavras então proferidas, sobretudo as do homenageado, seria injustiça que nunca podia estar no ânimo de quem de boa mente e coração aberto levou a cabo tão linda, singular e justa festa — festa em honra de um «almocreve da cultura» que recebeu, já no tarde, vindo de pátria distante, um dos maiores
galardões atribuídos no mundo inteiro a cavadores do espírito da sua têmpera. Merecido lenitivo para quem tem levado tão mau passadio, em matéria de recompensas pelo muito que lhe é devido.

Detalhes:

Idioma: Português

Autor:

Ano: 1973

Nº Edição:

Descrição Física: 84 p. : ilust. ; 26 cm