História das Literaturas de Vanguarda / Guillermo de Torre

30.00 

1 em stock

Descrição

Sumário:

1º volume:

– Conceito e evolução da vanguarda.
– Funçao de uma crítica literária.
– O futurismo.
– O primeiro manifesto.
– Marinetti e a sua obra programática.
– Manifesto técnico da literatura futurista.
– O «teatro sintético».
– A esquina perigosa.
– Futurismo e fascismo.

2º volume:

– Expressionismo.
– Nova objectividade.
– Bertolt Brecht.
– Cubismo plástico e literário.
– Ilogismo.
– Anti-intelectualismo, instantaneísmo
– Max Jacob.
– Blaise Cendrars.
– Jean Concteau.
– Dadaísmo.
– O primeiro manifesto de Tzara.
– Dadá.

3º volume:

– Surrealismo : o primeiro manifesto de Breton.
– Surrealismo e psicanálise.
– Emancipação do espírito ou libertação social do homem.
– Antecessores: Lautréamon, Rimbaud, Sade e jarry.
– O surrealismo e o suicídio.
– André Bréton, Aragon, Éluard, Artaud.
– Imaginismo.
– Decadentismo.
– Ezra Pound.
– D. H. Lawrence.

4º volume:

– Ultraísmo.
– Teorias.
– Modernismo.
– Juan Ramón Jiménez.
– Personalismo.
– Viragens do tempo.
– Do esteticismo à revolução.
– Crise do conceito da literatura.
– Aparecimento da ortodoxia.
– O personalismo e a revolução espiritual.
– As teses de Mounier.

5º volume:

– Existencialismo.
– O pós-guerra.
– Existencialismo e nazismo.
– Kierkegaard, Heidegger e Sartre.
– Simone de Beauvoir.
– Albert Camus.
– Dostoiévski e o homem subterrâneo.
– Kafka e o absurdo verosímil.
– Literatura comprometida.
– Letrismo e concretismo.
– A palavra vizualizada.
– Neo-realismo: princípio e fim da novela.
– Populismo.
– Moravia.
– Cesare Pavese.

6º volume:

– Iracundismo e frenetismo.
– Wilson e Osborne.
– O «vivo» de Ginsberg.
– Os Cagabundos de Kerouac.
– Henry Miller.
– Objectivismo.
– Cinematografismo e condutismo.
– Descrição das superfícies.
– Informalismo pictórico e literário.
– Michel Butor.
– Nathalie Sarraute.
– Robbe-Grillet.
– Samuel Beckett.
– «Modernos» e «Contemporâneos».
– Literatura e ciência.
– Crítica de direitas e esquerdas.
– Situacionistas.
– Advento da Cibernética.
– Transformação do objecto estético.