Escravatura Sexual / Stephen Barlay

5.00 

1 em stock

Descrição

O LIVRO — O autor deste notável documento criou a expressão “escravatura sexual” porque chegou à conclusão que a antiga e errada expressão “escravatura branca” não definia exactamente aquilo que se tornou hoje o maior crime internacional. O facto é que o comércio de escravos brancos implicava o tráfico de mulheres brancas prostitutas, enquanto que as novas vítimas podem não ser nem brancas, nem mulheres, nem prostitutas. As investigações de Stephen Barlay revelaram como os traficantes executam as suas operações. Utilizam toda a espécie de escravos e em todos os campos, nos empregos, em filmes e fotografias, homossexuais, espiões e até donas de casa vulgares como escravas em part-time. É evidente que este tipo de comércio não pode ser etectuado normalmente, pelo que os traficantes desenvolveram novos métodos : a adopção fictícia de crianças, sedutores profissionais, agências de casamentos, agências teatrais, drogas e chantagem, etc. • Levou vários anos a recolher todo este material proveniente dos cinco continentes. Por razões óbvias foram dissimuladas as identidades de muitas das testemunhas ; porém, de tudo o que se afirma o autor conseguiu provas concludentes. Sempre que possível, conseguiu mesmo declarações assinadas pelas testemunhas. O secretário da sede de Londres da Sociedade Antiescravista afirmou-lhe recentemente: “Um dos nossos grandes problemas na luta contra a escravatura é o segredo que a rodeia… Todavia a publicidade dos métodos utilizados pelos traficantes deve estar entre as nossas armas mais eficientes.” Ora este livro realista é uma tentativa de ir ao encontro desse desejo.

O AUTOR — Stephen Barlay nasceu e foi educado na Hungria. Tem trabalhado na Inglaterra nos últimos dez anos como jornalista. Reuniu o material para este livro, em parte nas cidades inglesas e em parte durante uma extensa viagem à volta do mundo, especialmente pelo Médio e Extremo Oriente.

Detalhes do produto

Título Original: Sex slavery
Idioma: Português

Editora: Início

Ano: 1970

Descrição Física: 343 p. [2] f. ; 21 cm

Colecção: Testemunhos