Da Influência do Ambiente Social no aspecto dos Livros impressos em Portugal nos Séculos XVI, XVII e XVIII : Esboço de Um Estudo

15.00 

1 em stock

Descrição

Introdução

A influência que o ambiente social tem em todas as manifestações da vida é enorme e justificável. Quase se pode dizer que facto algum há na vida que escape à influência, benéfica ou maléfica,
do ambiente social em que se produz, Os espíritos mais puros e sãos, se viverem num ambiente social depravado, terminarão por comungar no mesmo ideal que os rodeia.
O positivismo, com o seu largo espírito de observação, leva-nos a concluir que facto algum pode ser examinado isoladamente, mas sim tem de se atender ao meio social em que ele se produziu.
E isto justifica-se plenamente, Provado, como de há muito está, que o homem isolado é uma abstracção — Unus homo, nulos homo, como diziam os velhos romanos, — o homem tem de viver em sociedade e, como tal, sujeitar-se aos ditames, bons ou maus, que ela lhe impõe.
Aparecem, por vezes, é bem certo, manifestações de reacção, umas colectivas, outras individuais, contra o ambiente social existente em determinada sociedade, mas mesmo nestas reacções a influência do ambiente não pode deixar de se fazer sentir.

Ora, não podia fugir a esta implacável regra a arte tipográfica. A tipografia tem em vista a propagação dos trabalhos literários e, como diz Sousa Viterbo, «é nos trabalhos literários que se refletem
efectivamente as pulsações cerebrais duma nacionalidade qualquer», Mas se, como diz Viterbo, «os trabalhos literários são o reflexo das pulsações cerebrais duma nacionalidade», eu acrescentarei: o aspecto material dos livros é, na maioria das vezes, o reflexo do assunto que neles se contem.

Assim é que as gravuras são sempre alusivas ao conteúdo do livro; o papel, tipo, encadernação, também variam consoante a natureza da obra; enfim, todo o aspecto material do livro é um produto das várias causas que actuaram no ambiente social.

Viria a talho de foice definir o que se entende por ambiente social. Sem me preocupar com qualquer definição que porventura tenha sido dada, eu definirei assim; ambiente social é o conjunto de
circunstâncias de ordem vária que mais ou menos poderosamente influem, de qualquer modo, na vida dum agregado.

Como ilação desta definição, se vê que vários são os factores que influem no ambiente social; desses, os que mais interessam ao estudo que aqui fazemos, são:

1) — factores de ordem política ou religiosa
2) — factores de ordem económica;
3) — factores de ordem moral;
4) — factores de ordem cultural.

Será sob estes aspectos que irei considerar a influência exercida pelo ambiente social português no aspecto material dos livros, nos séculos XVI, XVII e XVIII.

 

Detalhes:

Idioma: Português

Ano: 1934

Descrição Física: 34 p. ; 20 cm

Condição: Bem conservado