António Sérgio : O Idealismo Crítico e a Crise da Ideologia Burguesa

4.00 

1 em stock

Descrição

Ao mesmo tempo, intenta definir o que representa objectivamente, na sua significação social concreta, a obra de Sérgio, mostrando tanto as raízes sociais da sua posição como das reacções diversas
que tem suscitado. Ademais, procura acentuar o que há de admirável e de fecundo na reflexão sergiana, sem excluir a discordância que vai não poucas vezes até o extremo das conclusões contrárias.
A incompreensão de que tem sofrido tantas vezes a obra sergiana resulta por certo de o leitor nem sempre ter sabido elevar-se da análise dispersa e fragmentária dos escritos de Sérgio às ideias directrizes que a todos anima, ao que é de facto, indisputavelmente, um corpo de ideias perfeitamente estruturado. Idealismo crítico é a designação que melhor parece convir-lhe. Na verdade, a doutrina é uma, mas apresenta três aspectos, correlativos e complementares: idealismo filosófico, idealismo histórico e idealismo político-social. Neste livro, o autor analisa-os sucessivamente nas suas mútuas implicações e em função dos quadros ideológicos e políticos em que se inserem. É o ambiente histórico geral e as suas condições particulares em que Sérgio criou a sua obra que permite situar esta no sistema das relações sociais, e definir a sua exacta significação, a  singularidade da sua posição no contexto nacional. Racionalista e idealista, o ideário filosófico sergiano é até hoje o único contributo original sério de autor português neste domínio. (…)

Detalhes: