A Flor e a Guerra (O Diálogo e o Mito) / Manuel Barão da Cunha

Exemplar valorizado pela dedicatória do autor.

Categoria:

4.00 

1 em stock

Descrição

“O 25 de Abril surpreendeu este livro em contactos editoriais, aliás já tentados anteriormente sem êxito. Iniciado em 1970, é uma obra que algum modo poderá contribuir para a compreensão de um processo humano evolutivo que terá conduzido ao estado de espírito que está na origem do Movimento das Forças Armadas.”

Manuel Barão da Cunha, nascido em Lisboa, em Dezembro de 1938, estudou no Colégio e na Academia Militares e concluiu o Curso Geral do Estado Maior, em 1969. Oficial de Cavalaria. Foi combatente em Angola e na Guiné. Tendo sido considerado deficiente das Forças Armadas (46% de incapacidade), optou por passar à situação de reforma extraordinária e iniciou uma nova carreira, após concluir a licenciatura em Ciências Sociais Políticas, carreira que terminou ao serviço do Município de Oeiras, incluindo a coordenação da Livraria – Galeria Municipal Verney nos seus primeiros 12 anos de funcionamento. Pelo meio, desempenhou várias tarefas, incluindo as de primeiro presidente do Conselho de Prevenção do Tabagismo e de primeiro director da cultura da Câmara Municipal de Lisboa. Recebeu duas medalhas de mérito grau ouro do Município de Oeiras e uma da Junta de Freguesia de Oeiras e São Julião da Barra.