A Arte em Florença no século XV e a Capela do Cardeal de Portugal / Manuel Cardoso Mendes Atanázio

Categorias: , Etiqueta:

10.00 

Esgotado

Descrição

A Capela sepulcral do Cardeal D. Jaime ( 1433-1459 ), segundo filho do Infante D. Pedro « é obra-prima da preciosidade fiorentina » ( A. Chaschel ). Apesar de muito conhecida e louvada, só com este livro fica devidamente documentada na perspetiva das relações entre Portugal e a Florença do séc. XV, no perfil biográfico do Cardeal, que nunca teria sido ordenado sacerdote, na ação dos testamenteiros em administrar o muito dinheiro que D. Pedro deixara no Monte daquela cidade e cujos interesses foram também herdados por D. Jaime que assim pôde haver tal sepultura. Mas este volume é sobretudo uma análise de História de Arte tendente a datar, atribuir e a identidade de um modo crítico, a participação dos artistas que nela atuaram. Resultam daqui pontos novos que os especialistas desse período vão apreciar é posto em relevo a colaboração albertina de Bernardo Rosselino na arquitetura e na organização da sepultura. Desiderio da Settignano surge como auxiliar de António Rosselino nalgumas esculturas e na leitura de um busto inacabado de D. Jaime, a propósito da atividade dos irmãos del Pollaiolo, Luca della Rabbia e A. Baldovinetti, corrigem-se atribuições e levantam-se problemas quanto à alteração de um primeiro plano, por vontade do Bispo D. Álvaro Afonso, principal testamenteiro. Dos nove anos que o autor viveu na Itália, cinco deles foram passados na Toscana a procurar entender o Renascimento, tendo recolhido abundante documentação arquivística que é a base do presente e de outros estudos como o « Hospital dos Inocentes ». Lourenço Ghiberti e as « Portas do Paraíso » etc.